Bia e os Becks lascam tudo em lançamento do novo EP

Por Redação Entrecultura - 18/04/2016 12h10

IMG_8376Uma das bandas mais badaladas na cena alternativa autoral piauiense está de volta com tudo e estão todos lascados de tanto trabalho que deu pra preparar o mais novo trabalho da Banda Bia e os Becks. O segundo EP da banda -“Todo Lascado”- foi lançado no dia 15 de abril no Palácio da Música em um show que deixou o público lascado de músicas e músicos bons.

O hit deste nova fase da carreira é a música “Ardor Amor“ que inclusive inspirou o título do EP com o refrão: “Cada canto do meu corpo tá todo torto sedento, sofrido e sem movimento tá todo acabado (lascado) por causa de você. ” Além destas, o EP possui mais três músicas: Burlesca, Síndrome de Câncer e Trejeitos.

“Todo Lascado” também faz referência ao processo árduo de conseguir lançar um EP e sobreviver de música no Piauí. Foi um investimento que requereu muita grana, mas muito amor. Lucas Coimbra – baixista conta que todos ajudaram como A cortina vermelha enorme usada no cenário foi costurada pela sua mãe e o tecido comprado com um “empréstimo de amor” da namorada.

“Foi feito com muito amor pela gente (…) a gente gravou com nosso dinheirinho (…) e agora a gente realmente tá todo lascado e endividado”, gargalha Bia Magalhães relembrando as dificuldades.

IMG_8413
Lucas Coimbra e Bia Magalhães lascando na performance

Este novo EP vem com uma pegada lunar/burlesca com a dramaticidade e humor clássica da banda. Este conceito estava presente no show de lançamento (cenário, iluminação avermelhada) que teve muita purpurina nos integrantes da banda: Bia Magalhães (vocalista), Mário Araújo (guitarrista), Rafael Franco (percussionista) e Rômulo Vieira (baterista).

Também rolaram algumas parcerias super importantes para este momento. João Paulo Araújo fez a produção e compôs a música, o músico Pedro Ben da banda Alcaçuz com a música trejeitos. O músico Ricardo Totte foi fundamental auxiliando nas gravações no TOTTE ESTÚDIO.

No show de lançamento músicos convidados como Jéssica Sabino fizeram participações especiais. “Eu sempre tive muito amor pela banda e de fora sou super fã. Ter essa oportunidade de gravar com eles pra mim foi muito massa e eu fiquei muito feliz com o resultado”, ressalta a tecladista que ahazou no show do Palácio da Música.

Depois de lançar o EP, o foco da banda é, além de fazer a divulgação do novo trabalho, produzir um videoclipe da música de trabalho do EP, Ardor Amor, que terá take no Clube dos Diários no show da banda que acontece dia 21 de abril.

IMG_8480

“Nesse segundo EP agora a gente teve toda uma preocupação bem maior com a questão do arranjo, a preparação, os timbres. Pra todo da banda esse tem uma qualidade bem maior comparado com o primeiro. Em Burlesca, por exemplo, tem toda a seção de metais tocando com a gente, tem violino, tem teclado”, avalia Mário Araújo – guitarrista da banda – que observa a evolução da banda e considera o resultado do atual trabalho bastante satisfatório.

O primeiro EP, chamado “Conto amor”, possuía sete faixas com destaque para “Ressaca”. Bia e os Becks iniciou carreira em 2012 e tem um estilo musical que mixa MPB com gêneros regionais e universais como brega, carimbo, rock e blues.

Pra esta fase da carreira Bia também aponta novidades: “Logo a gente vai lançar um site com todas as músicas que você vai poder escutar e depois baixar”, revela Bia que conta que a banda tem planos de em breve lançar um álbum ainda este ano.

IMG_8493

 

Fotos: Vicente de Paula

Comentar