Espetáculo Musical estreia no Theatro 4 de Setembro

Por suporte - 08/08/2017 21h08

Espetáculo Musical estreia no Theatro 4 de Setembro

“Elvis não Morreu” e será tema de Espetáculo Musical nos dias 09 e 10 de agosto, nestas quarta e quinta feira, às 19h30, no Theatro 4 de Setembro. O espetáculo rememora e reinventa a Canção do ídolo do rock’n pop americano Elvis Presley no Musical “Elvis Presley Forever”.

E já que ele não morreu, Eles (en)cantamo Rei do Rock’n Roll. A Voz, o mito, a canção pop rock gospel atraída às batidas frenéticas e melódicos sincréticas dos anos que marcam a carreira e encontro dos fãs ao redor do mundo com Aquele que seria inigualável como intérprete, performance, beleza e carisma de atração a toda a gente que viveu para ouvir cantar Elvis Presley. Os gêneros apaixonantes que marcaram a voz e o artista Elvis foram o rockabilly, pop, rock and roll, country, gospel, country rock, R&B. blues rock. E é desse estelar que deslizava entre a arte de cantor, músico, ator e compositor que Teresina não poderá prescindir de ver em cena suas memórias de canções repercutidas.

O Projeto Espetáculo Musical “Elvis Presley Forever” é uma atualização em práxis de arte, música, canto e academia transversal de ensino aprendizagem do Curso de Música, Departamento de Artes e Música/CCHL da Universidade Federal do Piauí – UFPI e tem como comandante em chefe, do resultado trazido à cidade de Teresina, o professor do departamento, o maestro e diretor musical da Obra, Cássio Martins.

Segundo a assessoria de comunicação do Projeto, o espetáculo delineia A voz, postura e canções do icônico Elvis Presley que atravessam gerações e atraem milhares  de fãs de diversas idades. E, para emoções de “revive memories”, os clássicos do intérprete poderão ser revividos no Musical “Elvis Presley Forever”, um tributo ao cantor e compositor entre um dos mais badalados, amados e festejados em muitas partes do planeta. O espetáculo é uma ação de extensão da Universidade Federal do Piauí, do Centro de Ciências das Educação, Curso de Música e do Projeto Cultura no Campus que, para essa empreitada musical encontra parceria do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de cultura do Piauí – SeCult.

“Elvis Presley Forever” tem uma hora de duração e compõe com os instrumentais, dois teclados, uma guitarra, um violão, baixo elétrico, bateria e um quinteto de cordas executadas por estudantes e pelo diretor musical e artístico do espetáculo, Cássio Martins. O Musical conta ” a estória de um músico sonhador que entra para um curso de música em uma Universidade, e ali rsolve montar uma Banda. e ele começa, então, a desenvolver suas próprias composições, que começam atrazer scuesso e inquietações também em outras Bandas”, defende Martins. A personagem principal chama-se João e, com seus amigos, vivencia a descoberta do universo acadêmico e as discussões atuais e transforma em novas ideias e pensamento e ação.

No repertório trazido à cena, canções inesquecíveis como “Love me Tender”, “Silvia” e releituras de outros artistas da geração 60, com arranjos e execução realizadas por estudantes do Curso de Música da UFPI. A equipe técnica se afina na organização e desenho de figurino da professora Núbia de Andrade Viana, a partir da pesquisa de Ana Raquel de Melo R. Benício, Camila Maria C. S. Oliveira e Gleiciane dos Santos Silva, para a execução de Mayra Camila A. Amorim.

A entrada será 1kg de alimento não perecível. A troca de alimentos por ingressos podem ser feitas na bilheteria do Theatro 4 de Setembro. Todo o arrecadado será destinado a Instituições sociais Filantrópicas.

Box: 

Sobre o Artista 

Elvis Aaron Presley nasceu em Tupelo, em 08 de janeiro de 1935 e morreu em Menphis a 16 de agosto de 1977. Cantor, músico, ator norte americano e entrou para a história da humanidade como o Rei do Rock e a alcunha de “Elvis, The Pelvis” por extravagante marca de dançar, numa ousadia revolucionária para a época, desempenhada na década de 50, em que dançava e se mexia sensualmente, numa valorização da pélvis.

Um dos pioneiros do rock and roll, sua maior virtude era a voz, devido ao alcance vocal que atingia. Para os especialistas Elvis atingia notas musicais de difícil alcance para um cantor popular. Já a crítica especializada reconhece seu expressivo ganho, em extensão, com a maturidade. Também detinha uma virtuose em senso rítmico, força interpretativa e um timbre vocal que o destacava entre os intérpretes populares, como um dos maiores. Para outros era considerado como um dos melhores cantores populares do século XX.

A carreira começou em 1954, na lendária gravadora Sun Records e era acompanhado pelo guitarrista Scotty Moore, pelo baixista Bill Black e pelo baterista D.J. Fontana. Presley foi um dos responsáveis pela criação e popularização do rockabilly, uma fusão de música country e R&B.

Na década de 70 foi período em que deteve alcance vocal incomparável e destacado pela crítica mundial como a voz mais bela de todos os tempos, com uma maturidade vocal excelente e acesso a três diferentes tons, o agudo, o grave médio e o tenor. Elvis tornou-se um dos maires ícones da cultura popular mundial do século XX. Seus maiores destaques em repertório foram “Hound Dog”, “Don’t Be Cruel”, “Love me Tender”, “All Shook up”, “Teddy Bear”, “Jailhouse Rock”, “It’s Now Oe Neder”, “Can’t Help Falling In Love”, “Surrender”, “Crying In The Chapel”, “Mystery Train”, “In The Ghetto”, “Suspicious Mind”, “don’t Cray Daddy”, “The Wonder Of You”, “An american Trilogy”, “Burning Love”, “My Way”, “My Boy”, “Moody Blue”.

A Europa foi embalada pelas canções “Wooden Heart”, “You Don’t Have To Say You Love Me”, “My Boy” e “Moody Blue”. Os brasileiros afiaram ouvidos e olhos para “Kiss Me Quick”, “Bossa Nova Baby”, “It’s Now Or Never” e “Bridge Over Troubled Water”.

Depois da morte de Elvis Presley novos sucessos ainda chegaram como expansão de sua estrela. “Way Down” (logo após seu falecimento), “Always On My Mind”, “Guitar Man”, “A Litle Less Conversation” e “Rubberneckin”. Quatro décadas depois de sua partida, Presley ainda é um dos artistas com maior número de “hits” nas paradas mundiais. Acumula também performance como um dos artistas recordistas em vendas de discos, dourando a faixa de 1 bilhão de álbuns vendidos em todo o mundo.

Serviço:

“Elvis Presley Forever”
dias 09 e 10 de agosto
às 19h30

no Theatro 4 de Setembro.

Ingresso: 1kg de alimento não perecível

Informações: 3222 7100 (Theatro)/ 9.9951 6887 (Prof. Cássio).

fotos/imagem: (divulgação/acervo ufpi e web)

Comentar