Giuliana Albano: conhecendo mais a mulher e a artista

Por Redação Entrecultura - 04/07/2018 14h00

A cantora Giuliana Albano, que recentemente lançou o single All of my love, vai se apresentar na segunda edição do Festival B.B. Rock, que acontece neste sábado (07) em Teresina. Única mulher entre a lista de atrações, Giuliana vai dividir o palco com os cantores Teófilo Lima e Yuri, que farão um grande show acompanhados de uma banda montada especialmente para o evento.

Giuliana Albano (Foto: Régis Falcão)

O Entrecultura resolveu conhecer melhor esta mulher apaixonada pelo Rock and Roll, que, além de cantar, escreve muito bem. Aos 26 anos, Giuliana conta que iniciou na música ainda criança, quando, aos dois anos de idade, começou a cantar. Profissionalmente, no entanto, a artista começou aos 17 anos, período em que se destacou no projeto de música eletrônica Jet Set Live. “Eu estava na escola, quando um amigo fez um vídeo meu cantando uma música da Rihanna e colocou no Youtube. Ainda era a época do Orkut, eu compartilhei no meu Orkut e o DJ Doh viu e me chamou para fundar um projeto de Live Vocal, que é o Jet Set Live, onde eu passei um ano e  meio e saí para seguir carreira solo. Em 2014 realizei meu sonho: formar uma banda e cantar rock and roll, que é o que eu gosto, e tem dado certo”, coloca.

Giuliana escreve letras de músicas desde a adolescência, mas, como não toca instrumentos, não prosseguia no processo de composição das canções, até firmar parceria com o músico Filipe Sousa, seu namorado. “Escrevo desde os 13 anos de idade, mas, só agora o Filipe me incentivou a querer gravar minhas músicas. Nós temos uma parceria bem bacana, conseguimos fazer uma música bem rápido, All of my love fizemos em 20 minutos”, afirma.

Cena do clipe de All of my love (Foto: Renan Melo)

A artista sempre preferiu cantar em inglês, o que explica suas influências musicais. “Acho que todo mundo se inspira em alguém, os artistas precisam ter uma inspiração e usar essa inspiração para seguir carreira. Prefiro música internacional,  AC/DC, Led Zeppelin e Aerosmith são minhas bandas preferidas. Das cantoras, que não são do rock, gosto bastante de Rihanna, Britney Spears, Madonna… Sou meio velha, então também gosto de Flash Back, aquelas músicas que nossos tios escutam [risos], Roxette, músicas temas de filme”, aponta.

Giuliana Albano e banda (Foto: Renan Melo)

Giuliana Albano também falou sobre ser uma mulher na cena do Rock. Ela revela que, embora no meio dos artistas do rock nunca tenha sofrido preconceito, enfrentou dificuldades para se estabelecer como cantora na noite. “Na questão do rock, nunca encontrei dificuldade, a galera do Piauí sempre me apoiou e mostrou respeito. Quanto a ser uma mulher cantando na noite, encontrei dificuldade. Por ser mulher a gente sofre muito preconceito. Eu sou minha própria empresária e fecho meus shows, então, na hora de vender meu produto, alguns contratantes já agiram com preconceito. Hoje em dia, não mais, consegui fazer com que as pessoas realmente me respeitassem”, declara.

Giuliana Albano (Foto: Weslley Douglas)

Para quem quiser conhecer mais o trabalho de Giuliana Albano é só segui-la nas redes sociais: Instagram – @giulianaalbano e Facebook – facebook/giulianaalbanosinger. A música All of my love já está disponível no Spotify, Deezer, Google Play Music, Shazam e Apple Music.

Confira o clipe de All of my love:

Comentar