Festival Teresina É Pop acontece entre os dias 15 e 17 de agosto e traz novidades

Por Redação Entrecultura - 09/08/2018 07h39

Nos dias 15, 16 e 17 de agosto, acontece a 16ª edição do Festival Teresina É Pop, organizado pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) como parte da comemoração do aniversário de Teresina, que completa 166 anos. O evento volta a ser realizado no estacionamento da Ponte Estaiada, na Avenida Raul Lopes.

Nos três dias de festival, subirão ao palco 15 atrações musicais, entre nomes novos e já consagrados no cenário local. São elas: Alma Roots, Carta de Nicolau, Duben, Eletrique Zamba, Fast Evil, Furit, Insular, Modstock, Monise Borges, R.S.U, Serge Erege, Severo, Teófilo Lima, Validuaté e V-Road.

O coordenador de música da Monsenhor Chaves, Marlon Rodner, conversou com o Entrecultura sobre as novidades desta edição do evento, que já faz parte do calendário de Teresina. “Montamos um espaço favorável para as crianças, um ‘Espaço Kids’ até por isso o festival começa cedo, às 19h. Vamos ter arte circense e brinquedos. Também teremos a feira ‘Pop Shop’ e um espaço gourmet, com hamburguerias e cervejarias artesanais. Além disso, cartunistas estarão fazendo caricaturas dos participantes do evento”, coloca.
Marlon destaca que o festival se torna mais plural a cada ano, com variadas expressões artísticas. “Não é um festival voltado apenas para a música. A ideia é que a gente possa levar variadas expressões artísticas. O Teresina É Pop é o maior festival gratuito de música autoral do Piauí, o objetivo é fazer com que possa se tornar um grande festival de arte e cultura. Por exemplo, vamos ter exposições digitais nos telões do palco durante as trocas da banda, exposições digitais de fotógrafos e artistas plásticos”, informa.

Para Marlon Rodner, o Festival Teresina É Pop tem como objetivo principal dar visibilidade e enaltecer o que é produzido no Piauí. “Nós, da FMC, acreditamos que ‘santo de casa faz milagre’. Às vezes perguntam porque não trazemos músicos de fora para ‘engrandecer’ o festival, usam essa expressão. No entanto, a gente considera que está engrandecendo o festival colocando artistas locais, a ideia é mostrar a qualidade dos nossos artistas para o grande público. Mostrar que a música piauiense é muito boa e que não está aquém em relação ao que vem de fora. Então, vale a pena conferir e eu reforço o convite, para nos dias 15, 16 e 17 de agosto a gente possa conferir a 16ª edição do Festival Teresina É Pop”, finaliza.

 

Comentar