Canal de TV Curta vai exibir série Aquarela Musical, que homenageará Maria da Inglaterra e outros artistas

Por Redação Entrecultura - 03/10/2018 08h00

Com o objetivo de homenagear nomes importantes da música do país, mas, nem sempre reconhecidos, surge a série documental Aquarela Musical, uma realização da produtora piauiense B&T Audiovisual, que será exibida nacionalmente no Canal Curta!, canal de TV por assinatura. Dentre os homenageados estão Maria da Inglaterra, Raimundo Soldado e Bartô Galeno. Márcio Bigly assina a direção do projeto.

A série vai contar com cinco episódios de 26 minutos, cada um dedicado a determinado artista, que será homenageado por outros cantores, como explica Bigly. “Cada episódio contará com dois artistas do Piauí e um de outros estados. O episódio 01, que homenageia Maria da Inglaterra (PI) teve participação da “Bia e os Becks” e “Sandro Moura”, do Piauí, e da Érika Martins (SP) [ex-integrante da banda Penélope, atualmente na banda Autoramas]. No decorrer do episódio também contamos histórias do homenageado, através de depoimentos dos artistas convidados e do diretor musical e arranjador André de Sousa”.

Da esquerda para direita: Bia Magalhães, Sandro Moura, Érika Martins, André de Sousa (Foto: B&T Audiovisual)

Segundo o diretor, em outubro serão gravados mais dois episódios: um que homenageia Raimundo Soldado (MA), com a participação de Zéu Britto (BA), Teófilo Lima (PI) e Selvagens Sonoros (PI); outro que homenageia Bartô Galeno (PB), com a participação de João Suplicy (SP), que integra a banda Brotheres of Brazil, junto a seu irmão, Supla. Os demais artistas homenageados e convidados, ainda estão em fase de contratação e não podem ser divulgados ainda.

Márcio Bigly conta que a série nasceu de uma inspiração do documentário Maria da Inglaterra Entre Amigos, que dirigiu ao lado de José Dantas. “Gostamos do resultado do documentário e a Bárbara Nepomuceno (produtora) sugeriu a série e criou o projeto junto com Igor Medeiros (roteirista), com a ideia de fazer releituras de 05 artistas. Com o projeto pronto, a B&T concorreu ao edital Prodav 02/2016 FSA/BRDE/Ancine, e ganhou”, afirma.

Érika Martins gravando homenagem a Maria da Inglaterra (Foto: B&T Audiovisual)

O diretor ressalta a importância desse tipo de produção, no sentido de documentar e valorizar produções que nem sempre são merecidamente reconhecidas, principalmente em seus locais de origem. “No caso da Maria da Inglaterra, quando fomos gravar, a Érika Martins mostrou que ficou realmente impressionada com a história da piauiense. Ela assistiu o documentário Maria da Inglaterra Entre Amigos e se identificou muito, percebeu muitas coisas na música da Maria que muitas vezes nós, que somos daqui, não percebemos e não valorizamos. Às vezes tem que vir uma pessoa de fora para ver e dizer isso. Acho que a série tem mais ou menos essa missão, de mostrar e dizer “olha, isso aqui também é bacana’”, finaliza.

A série Aquarela Musical tem estreia prevista para o segundo semestre de 2019.

 

Comentar