Projeto Casa Dança encerra temporada no Teatro João Paulo II neste sábado (08)

Por Redação Entrecultura - 04/12/2018 04h46

O hip hop vai ocupar o Teatro João Paulo II neste sábado (08), com um evento que marcará o encerramento de mais uma temporada do projeto Casa Dança, desenvolvido na Casa do Hip Hop do Piauí com crianças e jovens, e o aniversário de 13 anos do grupo de breaking Original Bomber Crew. A noite vai contar com apresentações dos alunos do projeto e batalhas de breaking. O rap vai ficar por conta de Bebel Frota e do grupo Reação do Gueto.

O Casa Dança é uma idealização da organização de dança Interação RALÉ e da Escola Estadual de Dança Lenir Argento, com apoio das secretarias estaduais de Cultura e Educação. Allexandre Santos, um dos coordenadores do grupo, conversou com o Entrecultura e deu mais informações sobre a programação do dia 08. “A cada etapa concluída do projeto a gente faz uma apresentação. Dessa vez vamos focar nas batalhas de breaking, tentando trazer de novo as competições para Teresina, porque diminuíram bastante. Teremos batalha de all style, com vários estilos de dança, e a batalha das crews, com grupos do Maranhão, Ceará, Pernambuco e de outras cidades do Piauí”, explica Allexandre.

Batalha de breaking

O artista e coreógrafo também destaca outros detalhes do evento, como shows de breaking, rap e a exibição de um documentário. “Além do Reação do Gueto e Bebel Frota, mais DJs, vamos ter a apresentação do Breaking Styles, grupo da zona Sudeste de Teresina formado por ex-alunos do Casa Dança. Também vamos exibir o documentário ‘Mestra Moa do Katendê – A primeira vítima’”, ressalta.

Em seu terceiro ano, o projeto Casa Dança, através de Allexandre Santos, Cleyde Silva e César Costa, já atendeu centenas de crianças e jovens em Teresina e União. “A cada ano a gente vem com propostas diferentes. No primeiro ano, na cidade de União, realizávamos oficinas que culminaram em um espetáculo no evento Viva La Casa; no segundo ano estendemos para a Casa do Hip Hop e outros pontos de Teresina; e nesse último desenvolvemos um projeto mais conceitual na Casa do Hip Hop”, enfatiza Allexandre.

O grupo Interação RALÉ coordena a Casa do Hip Hop, que é um dos pontos culturais mais importantes do estado. O local sempre abriga diversas atividades voltadas para a comunidade, como aulas de breaking, grafite e capoeira, aulas de judô e defesa pessoal, rodas de discussão e exibição de filmes. A casa também sedia o ateliê de grafite Corja Crew, os ateliês de serigrafia Mucambo Spano e Arthur Doomer  e o estúdio Quilombo Louco Beats, hoje responsável pelas gravações da maioria dos trabalhos de rap no Estado.

Atividade na Casa do Hip Hop

Serviço

O quê: Encerramento do projeto Casa Dança 2018 e aniversário do Original Bomber Crew

Quando: 08 de dezembro (sábado), a partir das 16h

Onde:Teatro João Paulo II, Dirceu

Quanto:R$ 5,00

Comentar