Xiola Junina e Terça do Samba garantem diversidade de ritmos para a Cidade Junina 2019

Por Redação Entrecultura - 17/05/2019 14h45

A Cidade Junina é um festival cultural que há 25 anos está no coração de todos os piauienses. O evento propõe uma variedade de manifestações artísticas e culturais, atraindo todos os públicos.  Este ano, a Cidade Junina inova ao trazer duas propostas diferenciadas, a Xiola Junina e a Terça do Sampa.

Na segunda-feira, 17 de junho, a Xiola invade o palco da Cidade Junina e o público vai dançar ao som de muita swingueira com as bandas BB Chorão, Hallan Castro, Gang e Cia e Kaio Stronda. Além disso, um DJ esquentará a festa com muito funk para os brincantes.

Jessica Santos é estudante, participa da Cidade Junina todos os anos e está ansiosa pela novidade. “Eu sou amante do evento e todo ano vou vários dias para prestigiar. Achei uma aposta maravilhosa, porque vai atrair outro público e vai agradar a todos. Eu gostei bastante das novas apostas e estarei lá pra curtir”, garante.

Na noite seguinte, 18 de junho, a Terça do Samba promete um repertório cheio dos maiores clássicos do samba de raiz e do pagode, com músicas de compositores que marcaram época, como Cartola, Noel Rosa, Pixinguinha e outros. A novidade é uma forma de resgatar a história de um dos gêneros mais populares do Brasil. O encerramento da noite ficará por conta do grupo musical Batuque Piauí Samba.

Rejane Meneses, produtora musical, fala o porquê de trazer duas noites com atrações diferentes das tradicionais. “A nossa ideia é tornar o evento mais diverso, com atrações para todos os gostos musicais. No caso da swingueira e do Samba, é uma forma de resgatar a cultura do nosso povo, resgatar os grandes nomes do samba e dar espaço para nossas bandas e artistas locais”, afirma.

O evento já tem data marcada e acontecerá entre os dias 15 e 22 de junho, no estacionamento do Shopping Rio Poty, localizado na Avenida Marechal Castelo Branco, em Teresina. Este ano a Cidade Junina é ainda mais especial, pois celebra 25 anos de tradição no Estado, trazendo melhorias e novidades que tornarão a festa ainda mais atrativa para os piauienses. A expectativa é que mais de 350 mil pessoas passem pelo local.

A festa é uma realização da Associação de Apoio Assistencial, Cultural e Educacional Maria do Amparo (AACEMA), com promoção do Portal Clube Notícias, e visa promover cultura, lazer e diversão aos piauienses, além de movimentar a economia do Piauí. A Cidade Junina já é consolidada no calendário oficial do Piauí e, além de ser considerada Patrimônio Cultural do Estado, também está entre as sete maiores festas juninas do Brasil, segundo o levantamento do Momondo, buscador de passagens aéreas e hotéis.

Comentar