Mais de 250 casais vão oficializar a união na Cidade Junina 2019

Por Redação Entrecultura - 10/06/2019 18h00

O Tribunal de Justiça do Piauí, em parceria com a Fundação Maria do Amparo Alencar, dará uma forcinha para Santo Antônio e levará mais uma vez à Cidade Junina uma programação especial para quem deseja oficializar a união matrimonial. Mais de 250 noivos se preparam para dizer “sim” na cerimônia gratuita que acontecerá no dia 21 de junho, às 18h, na arena do Shopping Rio Poty.

A programação oferece uma celebração completa, desde os trâmites cartoriais à solenidade de comemoração de um casamento tradicional. Os casais não têm custo algum e ainda ganham marcha nupcial, buquê paras as noivas, banda musical e bolo para a festa.

A solenidade é fruto de uma parceria que já dura cinco anos e tem como objetivo principal proporcionar a oficialização e comemoração do matrimônio a pessoas de baixa renda. De acordo com Vanessa Brandão, superintendente da Justiça Itinerante do Piauí, o casamento coletivo promove ainda a garantia de direitos dentro da relação matrimonial, além de toda a festividade tradicional.

“Com essa ação, buscamos ampliar os direitos patrimoniais, sucessórios e previdenciários, além de motivar a instituição do casamento como base familiar, proporcionando aos noivos o acesso gratuito aos custos e taxas cartorárias necessárias para essa formalização. E em parceria com a Cidade Junina temos também uma festa linda e preparada para receber a comunidade”, enfatiza a superintendente.

A organizadora da Cidade Junina, Christianne Alencar, ressalta que a parceria existe porque o evento é um espaço que também busca aliar cultura e cidadania. “Tem muitas pessoas que sonham oficializar a união, mas não conseguem por conta do alto custo de um casamento. Na Cidade Junina, centenas de casais conseguem se casar sem gastar nada e com uma festa muito linda e animada”, afirma ela.

A cerimônia coletiva já se consagrou como uma das programações mais aguardadas da Cidade Junina e constitui uma forma de mostrar que as festividades juninas combinam com o casório que os quadrilheiros desejam, com diversão e cidadania.

Comentar