Dica de leitura, por Guga Carvalho

Por Thais Guimarães - 02/07/2019 00h57

Mozipédia: A enciclopédia de Morrissey e dos Smiths, de Simon Goddar – tradução de Carolina Caires Coelho(Editora Leya)

 

“Mesmo com – ou talvez mesmo por causa do – advento da era Google, onde se busca todos os assuntos do mundo em um click, as pequenas enciclopédias, que dissecam em verbetes determinado assunto, são muito boas para aprender e passar o tempo. Estou devorando, no momento, a Mozipédia, escrita pelo jornalista Simon Goddar, sobre o lendário grupo britânico The Smiths e seu vocalista Morrissey. Para quem gosta muito dessa banda como eu, torna-se excitante saber, depois de tantos anos de ‘convivência’, além das inevitáveis fofoquinhas de bastidores, sobre citações parafraseadas em determinadas letras, as quais nunca se poderia saber; das influências que levaram a algumas escolhas melódicas; do método de criação de Morrissey-Johnny Marr; da história sobre cada disco, cada música, e assim por diante. Fiquei sabendo que a canção Well I Wonder, do disco Meat Is Muder, nunca foi tocada ao vivo. Reza a lenda que Morrissey e Marr acharam que tinha algo mágico, sutil demais, por isso sempre se esquivaram de levá-la ao palco. Depois disso, passei a ter um carinho todo especial por essa música.

 

 

 

 

 

Guga Carvalho é curador da Residência de Criação em Artes Visuais da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Teresina, PI. Mestre em Estética e História da Arte, USP – Universidade de São Paulo (2008-2010) com pesquisa sobre processo de criação.

 

Comentar