Sandro Sertão lança “Airport”, seu primeiro trabalho solo

Por Thais Guimarães - 26/01/2020 10h46

Em algum lugar do passado ou do futuro foi concebido Airport, EP de Sandro Sertão, lançado recentemente. Com uma trajetória já consagrada na música piauiense através das bandas Clínica Tobias Blues e Modstock, o músico se arriscou (e acertou) em seu primeiro trabalho solo.

Com seis faixas, o álbum é um lançamento do selo Quarto Dimensões, voltado aos estilos synthwave, vaporwave, chillhop e lo fi. Em entrevista ao Entrecultura, Sandro Sertão explicou como concebeu a ideia do EP. “Depois de tanto tempo trabalhando em bandas, comecei a estudar e me aprofundar em home studio e produção musical. Ao mesmo tempo, aumentava meu interesse por sintetizadores, samples e sites especializados. Me apaixonei por estilos como synthwave, chillhop e essas vertentes que remontam a estética do VHS e anos 80. Vi os artistas da Quarto Dimensões daqui de Teresina  já compondo e lançando lindos trabalhos, e me senti tentado a fazer também”, afirma.

O artista fala também sobre o processo criativo na composição das músicas. “Sempre prefiro compor uma música escolhendo um timbre de synth que realmente me agrade, que me toque, que seja ‘matador’, daí posso pensar num beat . Às vezes escolho uma bateria acústica ou quem sabe um disco music, pode ser também um drum and bases, uma boa linha de baixo, efeitos em geral. Cinco ou seis trilhas na minha DAW [sistema de gravação e edição de áudio], já são suficientes pra sair algo legal”, informa.

Sandro Sertão

Sandro menciona ainda a parceria com o selo Quarto Dimensões, nas pessoas de Pedro Bem, Davi Abel e Iegor Rainer. “Minha coragem de me aventurar veio deles. Pedro, Davi e Iegor são corajosos e talentosos, são pioneiros. Quando apresentei meu trabalho ao Pedro a resposta foi positiva, achei isso uma conquista, fui aceito”, declara.

Para o músico, todo o processo de construção de Airport foi prazeroso, principalmente por conta dos estilos musicais presentes no trabalho.  “É lindo, é música suave, é um deleite, o céu é o limite para a criatividade nesses estilos, dá para misturar muita coisa. É melancólico, melancolia boa”, destaca.

Sandro Sertão agora deve trabalhar a divulgação de seu trabalho solo e continuar os projetos com a banda Modstock. “Continuo com o amor da minha vida, minha banda Modstock”, finaliza.

O EP Airport está disponível nas plataformas de streaming Spotify, Deezer, Youtube, Apple Music e Google Play Music, através deste link.

 

FICHA TÉCNICA

Sandro Sertão: synth/bass/beats/samples/teclas

Capa: “red airport chair art”

Produzido, gravado, mixado e masterizado no estúdio Liversounds – Teresina (PI), dezembro de 2019

Lançamento: Quatro Dimensões

Comentar