O Grito da Consciência

Enviado por Thais Guimarães Autor: Martin Luther King Jr. Gênero: Ensaio

SINOPSE

“Não digam que sou um Prêmio Nobel. Isso não tem importância. Digam que fui o porta-voz da justiça. Digam que procurei dar amor, que procurei amar e servir à humanidade.” Palavras de Martin Luther King, Jr. o líder inconteste da não-violência na luta pela integração racial travada pelos negros norte-americanos, assassinado por um desconhecido em 4 de abril de 1968, na cidade de Memphis, Tennessee.

Comentar