Bixanikas são contempladas pela Plataforma Latinidades Pretas 2021

Por REDAÇÃO - 19/05/2021 09h01
  • Um trecho do espetáculo Bixanikas em Live Block da Unha de Gato vai compor a edição
    2021 da plataforma de apresentações artísticas Latinidades Pretas.

A trupe composta por Negro Val, Paulo Gomes e Vicente de Paula vai apresentar a marchinha de carnaval “Chuchu Beleza” que
confronta padrões patriarcais e integra o show cênico musical bufobaphônico.

O trio desenvolve repertório autoral experimental que mescla cultura popular e enaltecimento da cena LGBTQIA+
afinada com pautas antirracistas, sociais e ambientais.
A elegância do Cavalo Piancó, funks pocotós/proibidões, o pagode do Mimbó, cultura drag, vougue, sambas, danças, palhaçaria, bufonoria, marchinhas, raps e bossas pretas tecem os elos das Bixanikas, grupo cênico-musical que une experiências singulares multiartista de Negro Val, o artista
cênico Paulo Gomes e a jornartista Vicente de Paula (Vince Vicentina). Há três anos têm realizado experimentos que resultam no show debochado, crítico e carnavalesco Bixanikas em Live Block da Unha de Gato montado diretamente do Casarão Cultural na Rua das Flores-Amarante/PI.


A edição Latinidades Pretas 2021 buscou propostas afinadas em combater a marginalização,
discriminação e todo tipo de violência impetrada contra corpos e corpas de pessoas LGBTQIAP+.

O edital de seleção frisa compromisso com as vidas das pessoas negras e indígenas LGBTQIAP+, com a memória, história e proteção do vasto patrimônio cultural imaterial das culturas LGBTQIAP+ e com o reconhecimento da contribuição desta população para a sociedade Latinidades Pretas é uma plataforma online criada para reunir conteúdos, gerar renda e dar suporte às empreendedoras e empreendedores negres e indígenas, trabalhadores da cultura e da economia criativa.

Nasceu em 2020, logo no início da pandemia do novo coronavírus, fruto de parceria entre Instituto Afrolatinas e Instituto Feira Preta, organizações que já desenvolvem ações conjuntas há alguns anos.
O Instituto Afrolatinas é uma organização de mulheres negras que desenvolve ações
transversais, a partir do lugar das artes e da cultura. Uma plataforma de formação, inovação e impacto social e que se utiliza de metodologias disruptivas para atuar nos temas do empreendedorismo;
geração de renda; produção, gestão cultural, políticas públicas e empoderamento, especialmente, de
mulheres e meninas negras. A história toda começa há 14 anos, a partir da fundação do Festival Latinidades.

A Feira Preta foi criada pela empreendedora Adriana Barbosa. É o maior espelho vivo
das tendências afro-contemporâneas do mercado e das artes da América Latina, além de ser o espaço ideal para valorizar iniciativas afro-empreendedoras de diversos segmentos.

Comentar