R.I.P: Ronnie Spector, líder das Ronettes, morre aos 78 anos de câncer.

Por Redação Entrecultura - 14/01/2022 12h40

Por: Marco Antônio Santos

 

A música pop está de luto. Foi-se Ronnie Spector, a líder das Ronettes, o maior girl group de todos os tempos.

 

Ronnie Spector

Ronnie, junto a Estelle Bennet e Nedra Taley, trabalhavam com o produtor Phil Spector, que criou o famoso wall of sound, uma massa sonora baseada em arranjos de cordas e orquestrações gigantescas.
Spector percebeu o poder de fogo das Ronettes, em especial Ronnie.

Assim surge uma parceria que mudaria para sempre o pop mundial, muito por causa de uma canção: “Be My Baby”, o clássico absoluto do grupo, seu maior sucesso e inspiração de gente como Brian Wilson e Paul McCartney.

Grupo Vocal Ronettes

Com uma letra singela que versa sobre amor, a canção tem um dos mais belos arranjos da história do pop.
Ronnie se manteve ativa por todo o tempo, gravando e fazendo shows, revisitando sua carreira e fazendo interpretações de grandes clássicos pop.

É triste ver que uma geração que revolucionou a música está partindo.
E é muito triste não ter mais Ronnie Spector nesse plano.
Mas a sua presença também será eternizada no cinema: a atriz Zendaya foi escolhida pela própria Ronnie para interpretá-la em sua cinebiografia.

Ronnie Spector (esp.) e a atriz Zendaya (dir).

Agradeço ao mundo por ter nos dado Ronnie Spector e “Be My Baby”. E lamento muito que ela possa mais continuar a cantar seu clássico e que não possa se ver no cinema.
Mas Ronnie já é eterna.

R.I.P. Ronnie Spector.

Comentar