Movimento Ocupa Praça comemora três anos com dia de atividades nesta sexta (12) na Praça das Ações Comunitárias

Por Redação Entrecultura - 11/10/2018 09h54

 

Há três anos, moradores do bairro Parque Piauí, zona Sul de Teresina, ocuparam a Praça das Ações Comunitárias, para impedir que esta fosse destruída pela Prefeitura de Teresina, para dar lugar a um terminal de integração de ônibus. O movimento ganhou força, conseguindo estabelecer uma ocupação permanente na praça, e acabou ganhando o nome de #OcupaPraça. Um ano depois, o povo conseguiu a vitória: a Prefeitura construiu o terminal em outro terreno. Essa conquista fez do Ocupa Praça uma das lutas pelo direito a cidade mais vitoriosas dos últimos tempos.

Para que não seja esquecido, um grupo de pessoas que integraram o movimento decidiu organizar um evento de comemoração pelos três anos de início da ocupação. A programação acontece na praça nesta sexta-feira (12), feriado religioso também marcado pelo Dia das Crianças.

Ilustração da pequena Maria Luíza, filha da profa.Rosa Angella Alexandre, que escreveu o livro “Os Guardiões da Praça”

O Entrecultura conversou com Jackeline Araújo, moradora do Parque Piauí que está ajudando organizar o dia comemorativo. Ela explica que, para além de comemorar o aniversário do Ocupa Praça e reunir as pessoas, o evento tem como objetivo reivindicar da Prefeitura de Teresina melhorias no espaço. “Estamos promovendo esse evento para comemorar nossa conquista, ainda não tínhamos nos reunido para isso, e vamos aproveitar a oportunidade para reivindicar a revitalização da praça, como foi prometido e até hoje nada aconteceu”, coloca.

A programação, que tem início às 7h e vai até o final da noite, está repleta de atividades para crianças e adultos, com oficinas, shows musicais, ações ambientais, roda de capoeira, discussões, entre outras coisas.  “Vamos aproveitar esse feriado, trazendo discussões sobre ocupação dos espaços públicos, da importância de resgatarmos a história da praça, mostrando o quanto é necessário as pessoas se encontrarem nas praças públicas e o quanto essas praças são importantes”, finaliza Jackeline.

Confira a programação completa:

Manhã
7h – YOGA
7h – Oficina “Horta Orgânica” com coletivo Garagem Orgânica.
8h – Café da Manhã coletivo (Traga o Beiju e a vasilha)
9h–OFICINA [VI]Ver a Paisagem (Ilustração de sonhos e percepções) com Coletivo OcupARTHE.
9h – Roda de Conversa “Cidade orgânica: atravessamentos sobre Educação e Políticas da Natureza”.
10h30 – Balaio da Carlinha (Contação de Histórias e Ciranda)
11h – Palhaço Carlos Vinicius (Palhaçaria e jogos infantis)
12h – ALMOÇO COLETIVO (Você é responsável por seu prato, copo e talheres)

Tarde
12h – SOM na Praça, É massa! (Palco aberto)
14h – Crochetando Afetos (vivências através do crochê e intervenção na Praça)
14h – Ludices (jogos e brincadeiras infantis)
16h – Roda de Conversa “De norte a sul, que tem direito a cidade?” com movimentos OcupaPraça e Boa Esperança Resiste.
17h – Espaço CURUMIN (audiovisual)
17h – Roda de Capoeira

Noite
18h – Ritual de Tambor e Afoxá
19h – Mapeando Resistências (Mostra AudioVisual)
19h – Poéticas Performáticas do Corpo Fala (dança, poesia, performances +)
20h – Esther Lima na Praça, Viva a Música Brasileira!
21h – Som do Vinil ( Galvão Junior Vapor Barato)
22h – Quem é a/o Cantor[A]? (shows musicais)

Comentar