Os Melhores Livros De Franz Kafka

Livros De Franz Kafka – 7 Melhores Obras Do Autor

Franz Kafka é referenciado como um dos autores mais influentes da história literária devido às suas narrativas inconfundíveis e uma linguagem muito peculiar. Suas obras são conhecidas por serem reflexivas, críticas, absurdas e até perturbadoras, despertando uma estranheza comovente. Neste artigo, preparamos uma lista com algumas das melhores criações desse grande ícone literário.

Kafka nasceu em 1883, em Praga, quando ainda pertencia ao Império Austro-Húngaro (hoje conhecido como República Tcheca). Apesar disso, embora suas origens fossem judaicas, ele escrevia suas obras em alemão, sua língua materna.

Inicialmente formado em direito e funcionário de uma companhia de seguros, Kafka começou a se aventurar na literatura escrevendo contos durante seu tempo livre. Frustrantemente, uma de suas maiores queixas era a falta de tempo para se dedicar àquilo que sentia ter nascido para fazer.

Uma das mais famosas obras de Kafka, “A Metamorfose”, é considerada um dos maiores clássicos de toda a literatura, perdurando por várias gerações de leitores em todo o mundo.

Infelizmente, a maioria das obras de Kafka só foi publicada após sua morte, o que o privou de testemunhar o grande sucesso que muitas delas alcançaram.

Os Melhores Livros de Franz Kafka

1 – A Metamorfose

1 – A Metamorfose

A Metamorfose é um pequeno livro escrito pelo renomado autor Kafka. Trata-se de uma obra conhecida e admirada, sendo considerada um clássico da literatura universal. Publicada em 1915, embora tenha sido escrita em apenas 20 dias, essa obra continua sendo extremamente relevante nos dias de hoje.

No decorrer dessa narrativa peculiar, o autor propõe reflexões filosóficas profundas, as quais contrastam com a objetividade da trama. A história começa de maneira direta, sem muitos detalhes descritivos, e conta a jornada de Gregor, um caixeiro-viajante que nutre aversão pelo seu trabalho, mas teme perdê-lo, pois é sua fonte de subsistência.

Um belo dia, sem qualquer explicação plausível, Gregor acorda transformado em um inseto gigante. Dessa forma, o autor desenvolve um enredo icônico, repleto de acontecimentos extraordinários.

Apesar de ter sido escrito em 1912, A Metamorfose só foi publicado em 1915 e continua atraindo leitores de todas as gerações até os dias de hoje. Essa obra atemporal é uma verdadeira jóia literária e prova do talento inquestionável de Kafka.

2 – O Processo

2 – O Processo

Nesta obra literária fascinante, o autor desenvolve uma trama de cunho crítico de extrema importância, com o objetivo de provocar reflexões profundas acerca dos sistemas judiciários e destacar suas falhas inevitáveis. É surpreendente como um erro em um julgamento pode destruir injustamente a vida de alguém.

Vale ressaltar que o escritor, Kafka, era um profissional do Direito, o que nos leva a supor que este livro tenha sido escrito com imensa propriedade. 

A história de “O Processo” centra-se no protagonista Josef K., um funcionário de banco que é injustamente acusado por dois guardas que o chantageiam, alegando que ele tentou suborná-los. Dessa forma, Josef é condenado de maneira perplexa pelo tribunal, deixando as pessoas sem compreender exatamente o que ocorreu.

É válido destacar que a obra foi escrita durante o período da Primeira Guerra Mundial, o que certamente influenciou de forma significativa a narrativa, pois o autor possui um caráter crítico intrínseco em sua personalidade.

Apesar de ter sido produzido entre 1914 e 1915, o livro foi publicado postumamente, assim como a maioria das obras de Kafka, somente em 1925.

3 – Carta ao Pai

3 – Carta ao Pai

Carta ao Pai é uma das obras literárias do renomado autor Franz Kafka, sendo um livro extremamente pessoal e íntimo. Este texto surge como consequência do turbulento relacionamento entre o escritor e seu pai, Hermann Kafka.

No decorrer dessa obra, o autor estabelece uma verdadeira prestação de contas com o tirano Hermann Kafka. Com uma narrativa envolvente e incisiva, o escritor expressa de maneira perspicaz, direta e contundente.

O protagonista desta extensa carta é o próprio Kafka, que desabafa fria e claramente sobre as vezes em que seu pai o humilhou, brigou e o chateou. Além disso, ele compartilha suas indignações, dores, ressentimentos e mágoas.

Devido à sua natureza pessoal, muitos afirmam que o próprio Kafka não considerava essa carta como parte de seu trabalho como escritor, e é possível que o leitor questione se deveria realmente estar imerso em sua leitura.

No entanto, mesmo que seu pai nunca tenha tido a oportunidade de ler a carta, o autor sentia que precisava expressar seu desabafo de forma pública. Assim, esta carta tornou-se uma das mais importantes obras de Kafka e, por esse motivo, merece seu lugar nesta lista de leituras imprescindíveis.

4 – O Castelo

4 – O Castelo

O Castelo é, sem dúvida alguma, uma das obras mais importantes de Franz Kafka, escritor renomado. Independente de sua relevância, é preciso destacar que este livro não é dos mais fáceis, necessitando de uma atenção especial para compreender os diálogos intricados presentes na trama.

Infelizmente, um fato triste é que a obra não teve fim, pois, infelizmente, quando o autor nos deixou, o processo de criação do livro ainda estava em andamento, deixando-nos sem a conclusão definitiva dessa obra literária.

O protagonista, chamado K., é o personagem central dessa história fascinante. Ele é um agrimensor que foi contratado por um conde para realizar um trabalho em uma vila remota. O enredo começa quando K. chega a essa pequena comunidade e, para sua insatisfação, é tratado de forma hostil e desdenhada por todos os moradores, independentemente de sua “posição social” na hierarquia local.

A partir desse momento, K. se depara com o desafio de chegar ao misterioso Castelo, uma tarefa que promete ser árdua e repleta de obstáculos. Desde o início, fica claro que todos os habitantes da vila têm a intenção de impedi-lo de atingir seu objetivo.

É importante mencionar que essa é uma das obras póstumas do renomado escritor Franz Kafka. Há rumores de que ele não desejava que esta obra fosse publicada, no entanto, aqui está ela, figurando nesta lista dos melhores livros de Kafka. E isso, por si só, já a torna uma leitura imprescindível para os admiradores de sua literatura.

5 – Um Artista da Fome

5 – Um Artista da Fome

O Artista da Fome é uma obra que conta a história intrigante de um “jejuador profissional”, um termo curioso para descrever o protagonista. No início do livro, o público se encantava com o espetáculo do jejum prolongado, o que rendia dinheiro ao personagem, já que ele passava dias e dias sem se alimentar.

Curiosamente, o jejum em si não parecia incomodar o protagonista tanto assim. Na verdade, o que o realmente perturbava era o limite de 40 dias imposto, pois ele desejava continuar ainda mais.

Com o tempo, o interesse do público por esse tipo de espetáculo diminuiu, tornando o trabalho do jejuador menos relevante. Por fim, ele acabou em um circo, tornando-se quase invisível em uma posição humilhante.

Apesar de ser considerada uma das obras mais melancólicas de Kafka, é possível perceber que o autor deseja transmitir uma mensagem profunda e reflexiva por meio dessa narrativa.

6 – Um Médico Rural

6 – Um Médico Rural

Um Médico Rural é uma incrível obra literária de Franz Kafka que conta a história de um médico solitário e melancólico.

Este conto, embora ainda seja bastante peculiar em comparação com outros contos de Kafka, pode ser considerado quase normal, pois se aproxima um pouco mais da realidade cotidiana do que suas outras obras.

A pequena história gira em torno de um médico que, no meio da noite, é alarmado por notícias de que um de seus pacientes está passando por problemas urgentes. O cavalo do protagonista tinha falecido um dia antes, o que torna a trama um tanto melancólica enquanto acompanhamos os devaneios do médico ao enfrentar dificuldades para se deslocar até o local onde o paciente se encontra.

Ao chegar ao local, são notados ainda mais elementos estranhos, quando o paciente suplica para que o médico o deixe morrer. No entanto, aos olhos clínicos do médico, ele parece estar bem de saúde. Até que o médico descobre uma ferida, descrita de maneira extremamente desagradável por Kafka, que pode realmente levar o paciente à morte.

Isso leva o pensamento do médico a questionar o motivo de ter negado seus cuidados a alguém. Assim, a obra envolve o leitor em um jogo psicológico tão característico de Kafka.

7 – Contos, Fábulas e Aforismos

Melhor Contos, Fábulas e Aforismos

Por último, desejo fazer uma recomendação literária para você. Trata-se de um livro incrível, que consiste em uma coletânea de contos, fábulas e aforismos do renomado escritor Franz Kafka.

Esse livro promete nos levar a um nível absurdo do realismo, fazendo com que embarquemos em um passeio psicológico fascinante.

Através das páginas, somos expostos a momentos irônicos, por vezes patéticos e, em outros momentos, extremamente filosóficos.

Acredito que você irá desfrutar enormemente dessa leitura cativante.

Este material une essas 11 obras:

  • Prometeu;
  • Graco, o caçador;
  • Uma fabulazinha;
  • A respeito de parábolas;
  • Um médico de aldeia;
  • Chacais e árabes;
  • Preocupações de um homem de família;
  • O novo causídico;
  • Comunicação a uma Academia;
  • ‘Ele’ ― Anotações do ano 1920;
  • Reflexões sobre o pecado, a dor, a esperança e o caminho certo.

Para aqueles indivíduos que estão sempre em busca de aprimoramento cognitivo, as obras de Franz Kafka são altamente recomendadas.

Aliás, se você faz parte desse grupo de pessoas que apreciam uma leitura crítica e filosófica, tenho uma ótima sugestão para você: os melhores 11 livros do renomado escritor brasileiro Graciliano Ramos.

Essas obras certamente irão lhe proporcionar uma experiência literária enriquecedora e estimulante.

Finalizando [melhores livros sobre Kafka]

Concluindo, Franz Kafka é um grande escritor e suas obras são relevantes até hoje. Seus livros exploram temas de alienação, burocracia, absurdo e, em última análise, zombam das complexidades da condição humana.

Ele é mais conhecido por seu conto Metamorfose, em que Gregor Samsa acorda e se vê transformado em um inseto monstruoso.

Como uma figura pioneira na criação de seu próprio estilo de escrita único, que se tornou cada vez mais influente postumamente, podemos apreciar como suas obras são continuamente lidas e analisadas por pessoas de todo o mundo.

A escrita de Kafka nos incentiva a refletir sobre a experiência humana e a desafiar as convenções, ao mesmo tempo em que nos apresenta momentos de hilaridade.

Se você estiver interessado em ler um de seus romances, contos ou cartas, há algo para todos sobre esse homem misterioso chamado Franz Kafka, que ainda nos ilude até hoje como se ainda estivesse vivo!

Artigos Relacionados

Avalie isto post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *